domingo, 13 de agosto de 2017

Pais estão optando por manter filhos em escolas com turno integral



Muitas escolas tiveram que realizar mudanças internas para atender a grande demanda de pais querendo matricular seus filhos em cursos integrais. Na Escola Villa Encantada, localizada em Patamares, por exemplo, houve um aumento de 90% no número de alunos que ficam na unidade em tempo integral. O principal motivo, na avaliação da diretora Carine Ferreira, foi a aprovação da PEC das domésticas.  “Os pais costumam falar que o custo para contratar babá ficou muito alto. Além disso, tem a preocupação em caso de atrasos, ou com quem vão deixar a criança enquanto a babá não chega. Diante disso, houve uma migração muito grande para escolas integrais. Aqui, os pais têm um espaço com diversos profissionais preparados para cuidar dos seus filhos e ficam tranquilos em deixá-los e ao ir para o trabalho”, contou a diretora da Villa Encantada.  A migração para o turno integral também foi sentido na Escola Maria Montessori, localizada no Barbalho, conforme esclareceu a diretora Dione Nascimento. “Notamos o crescimento logo depois da PEC”, afirmou, complementando sobre o trabalho desenvolvido na escola. “A característica forte da nossa escola é a afetividade. Nossa equipe é bem afetuosa e cuidadosa, porque nosso lema é cuidar da criança como se fosse seu filho. A escola é um lugar mais rico do que um banco, porque aqui temos as coisas mais preciosas dos pais”, definiu.

0 comentários:

Postar um comentário