sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Jorge Luiz Alves Peixoto, um dos maiores vendedores de consórcio de veículos da Bahia, morreu nesta quinta (10), aos 64 anos de idade. Ele sofreu um infarto fulminante, às 20 horas. O “Velho Peixotinho”, como era carinhosamente chamado, deixa mulher e dois filhos. Ele é natural de São Felipe e ficou famoso devido as suas aparições semanais no programa Carros & Consórcios, da TV Band. Era funcionário há 20 anos da concessionária Sanave. Emocionado, o apresentador e jornalista Ailson Lino, publicou um relato em suas redes sociais. “Com muito pesar, informo o falecimento do nosso colega Peixoto. Ele fazia parte da equipe de Paulo Sales, da SANAVE. Peixotinho estava junto conosco há mais de 20 anos. Sua passagem em nossas vidas foi um privilégio para todos nós. Aprendemos muito com ele, sobretudo o desapego e o amor ao próximo, além da alegria que nos transmitia todos os dias com suas piadas. A falta será muito grande, mas o amor permanecerá em nossos corações”, escreveu Lino. O enterro ocorre na tarde desta sexta, 16h30, no Cemitério Bosque da Paz, na Estrada Velha do Aeroporto. A equipe do Informe Baiano deseja força aos familiares e também aos amigos. Sabemos também o quanto gente boa era esse “coroa sacaninha”. Vá com Deus, Peixotinho! Facebook101 WhatsApp Facebook Messenger

Jorge Luiz Alves Peixoto, um dos maiores vendedores de consórcio de veículos da Bahia, morreu nesta quinta (10), aos 64 anos de idade. Ele sofreu um infarto fulminante, às 20 horas. O “Velho Peixotinho”, como era carinhosamente chamado, deixa mulher e dois filhos. Ele é natural de São Felipe e ficou famoso devido as suas aparições semanais no programa Carros & Consórcios, da TV Band. Era funcionário há 20 anos da concessionária Sanave. Emocionado, o apresentador e jornalista Ailson Lino, publicou um relato em suas redes sociais.
“Com muito pesar, informo o falecimento do nosso colega Peixoto. Ele fazia parte da equipe de Paulo Sales, da SANAVE. Peixotinho estava junto conosco há mais de 20 anos. Sua passagem em nossas vidas foi um privilégio para todos nós. Aprendemos muito com ele, sobretudo o desapego e o amor ao próximo, além da alegria que nos transmitia todos os dias com suas piadas. A falta será muito grande, mas o amor permanecerá em nossos corações”, escreveu Lino.
O enterro ocorre na tarde desta sexta, 16h30, no Cemitério Bosque da Paz, na Estrada Velha do Aeroporto. A equipe do Informe Baiano deseja força aos familiares e também aos amigos. Sabemos também o quanto gente boa era esse “coroa sacaninha”. Vá com Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário