quinta-feira, 26 de julho de 2018

Uma adolescente é infectada pelo vírus HIV a cada três minutos, diz Unicef

A cada três minutos, uma adolescente de 15 anos a 19 anos é infectada com o vírus HIV. Elas representam dois terços das infecções em todo o mundo nesta faixa etária. Esses dados foram divulgados pela Unicef, nesta última quarta-feira (25), durante a 22ª Conferência Internacional da Aids, que acontece em Amsterdã segundo informações do Estadão.

"Na maioria dos países, mulheres e meninas não têm acesso às informações e serviços necessários, nem têm a oportunidade de recusar sexo desprotegido", explicou a diretora-geral da entidade, Henrietta Fore. No ano de 2017, 130 mil mortes de pessoas com menos de 20 anos tiveram ligação com a Aids.

Outras 430 mil novas infecções pelo vírus ocorreram nessa faixa etária. A Sociedade Internacional sobre a Aids pontua ainda que quatro em cada 10 adolescentes africanas já sofreram violência física ou sexual por parte de um homem. Entre os adolescentes de 15 a 19 anos, o número de mortes está estagnado, enquanto em outras faixas etárias vem caindo desde 2010. Essa ONG denuncia a ausência de uma política de prevenção contra essas violências.

"Sabemos que isso está ligado ao status de inferioridade conferido às mulheres e meninas em todo o mundo", comentou a atriz sul-africana Charlize Theron. Ele esteve presente na conferência, onde a Unicef apresentou um relatório, citando "relações sexuais precoces, inclusive com homens mais velhos, relações forçadas, a relação de força que não permite dizer não, a pobreza e falta de acesso aos serviços de aconselhamento e exames" como fatores que colocam meninas em posição de risco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário