sexta-feira, 9 de novembro de 2018

MPF lança campanha que defende a lei de proteção às vítimas de violência sexual

Em defesa da lei de proteção à mulher, o Ministério Público (MPF), lançou a campanha "Lei do Minuto Seguinte" nesta última quarta-feira (7). O principal objetivo  da campanha é garantir que a população do paísconheça a Lei 12.845/13, que garante o atendimento emergencial, integral e multidisciplinar gratuito às vítimas de violência sexual, em todos os hospitais integrantes da rede do Sistema Único de Saúde (SUS).

A iniciativa do Ministério Público Federal contou com apoio da Associação Brasileira de Agências de Publicidade (Abap) e da agência Y&R. Segundo informações do Ministério Público Federal, a vítima deve receber tratamento imediato sem ter que passar por outro serviço antes, pois não é necessário ter boletim de ocorrência (BO) antes do atendimento.

Para o Procurador da República, Pedro Machado, as primeiras 72 horas após a violência sexual são muito importantes para que o protocolo de atendimento medicamentoso seja administrado e evite doenças graves futuras. De acordo com o jornal Estadão, a campanha tem um filme de 60 segundos que irá ser divulgado em canais da TV aberta e alguns canais fechados. Em 2016, foram registrados mais de 49 mil casos de estupro.

0 comentários:

Postar um comentário