quinta-feira, 30 de janeiro de 2020

Moradores de municípios afetados pela chuva já podem sacar o Bolsa Família deste mês

-
Beneficiários de MG, ES e RJ já podem sacar o valor deste mês Foto: Ana Nascimento
Os beneficiários do Bolsa Família nos estados de Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro já podem sacar o beneficio deste mês. A medida é uma resposta imediata do Governo Federal em decorrência dos estragos causados pelas fortes chuvas. Até o momento, 85 municípios já declararam situação de emergência ou calamidade pública em decorrência das tempestades que vêm atingindo o País.
Em fevereiro, o saque da parcela estará disponível a partir do dia 12 para todos os beneficiários, desconsiderando o calendário oficial.  “Todas as catástrofes geram graves problemas, principalmente para as famílias que já estão em situação de vulnerabilidade, os mais pobres”, afirmou o ministro da Cidadania, Osmar Terra.
O Ministério da Cidadania vai antecipar também uma parcela do Benefício de Prestação Continuada (BPC) para moradores das cidades atingidas.  Além disso, a pasta vai colaborar com investimentos para manutenção de abrigos de acolhimento. Para cada grupo de 50 pessoas desabrigadas ou desalojadas o município vai receber um montante de R$ 20 mil reais do Governo Federal. “Com o tempo, será cada vez mais necessária nossa atuação para não deixar que essas famílias fiquem numa situação pior do que já estavam. É um trabalho contínuo, que vai garantir cidadania para todos”, garantiu Terra.

Integração

O ministro Osmar Terra esteve com o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, durante reunião no Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres, em Brasília.  Na ocasião, Canuto destacou que é fundamental integrar a força do trabalho para que  os resultados sejam obtidos o quanto antes, no auxílio a todas essas famílias. “É fundamental essa articulação de vários órgãos federais, cada um na sua área, de maneira integrada desde o primeiro momento. É essencial que a informação flua, seja compartilhada e que cada ministério possa entregar a política mais necessária à população”, explica.
O secretário nacional do Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania, Lelo Coimbra, está no Espírito Santo acompanhando a situação das quase 11 mil pessoas que estão desalojadas ou desabrigadas.
Confira a lista de municípios contemplados pelas ações do Ministério da Cidadania:
Com informações do Ministério da Cidadania

Nenhum comentário:

Postar um comentário