domingo, 5 de janeiro de 2020

Muito glúten nos primeiros anos de vida aumenta risco de intolerância

-
© DR
Estudo sugere que comer glúten a níveis acima do normal durante os primeiros cinco anos de vida pode aumentar a probabilidade de uma criança desenvolver doença celíaca.Um estudo publicado na revista JAMA sugere que comer glúten a níveis acima do normal durante os primeiros cinco anos de vida pode aumentar a probabilidade de uma criança desenvolver doença celíaca, um distúrbio digestivo que danifica o intestino delgado.
Os investigadores avaliaram mais de 6.600 recém-nascidos nos Estados Unidos, Finlândia, Alemanha e Suécia, nascidos entre 2004 e 2010. Todas as crianças eram portadoras de um genótipo associado ao diabetes tipo 1 e à doença celíaca. A cada poucos meses, os autores do estudo registavam a ingestão de glúten das crianças até os cinco anos de idade e comparavam os níveis com as quantidades de referência da ingestão de glúten em crianças saudáveis.
Ao longo do estudo, 1.216 das crianças – quase 20% – desenvolveram autoimunidade à doença celíaca, o primeiro sinal da resposta negativa do organismo à proteína, disse a autora do estudo, Carin Andrén Aronsson, citada pela CNN. Outros 450 participantes desenvolveram doença celíaca, cerca de 7%. A maioria dos diagnósticos ocorreu entre as idades de 2 e 3 anos. (Notícias ao Minuto)

Nenhum comentário:

Postar um comentário