segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021

Licitações são dispensadas para compra das vacinas Covaxin e Sputnik V

 

-
Foto : Divulgação

O Ministério da Saúde confirmou a dispensa de licitação para a compra de mais duas vacinas contra a Covid-19, a indiana Covaxin e a russa Sputnik V. Os extratos foram publicados no Diário Oficial da União na sexta-feira (19), e  preveem o gasto de R$ 2,3 bilhões com a compra dos dois imunizantes e de insumos destinados à vacinação contra a Covid-19. A aplicação destas vacinas, no entanto, ainda não foi autorizada pela Anvisa. 

Enquanto a autorização da Anvisa ainda estiver pendente, mesmo que sejam compradas pelo governo, essas vacinas não poderão ser aplicadas na população. Até o momento, a Anvisa autorizou o uso emergencial no Brasil de duas vacinas, a CoronaVac, desenvolvida pela China em parceria com o Instituto Butantan, e a da Universidade de Oxford, na Inglaterra.

(Metro1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário