Gilberto Gil é o mais novo imortal da Academia Brasileira de Letras

 

O cantor e compositor baiano Gilberto Gil, de 79 anos, foi eleito, nesta quinta-feira, dia 11, o mais novo imortal da Academia Brasileira de Letras (ABL). Por maioria absoluta, ele ocupa agora a cadeira de número 20.

Gil teve 21 votos da bancada. Os seus concorrentes, o poeta Salgado Maranhão e o autor e crítico literário Ricardo Daunt receberam, respectivamente, sete e nenhum votos. Dos 34 acadêmicos que compõem o júri, seis votaram nulo ou branco.

A cadeira atualmente ocupada por Gil foi deixada pelo jornalista Murilo Melo Filho, que faleceu em maio do ano passado. No último dia 4, a atriz Fernanda Montenegro também foi eleita uma imortal pela ABL e ocupa a cadeira de número 17.

Comentários