Divórcios em Cartórios de Notas aumentam 16% na Bahia em meio à pandemia

 



O número de divórcios em Cartórios de Notas aumentou na Bahia em meio à pandemia da Covid-19, segundo informações da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen).

O número registrado no ano de 2021 (2.513) é 16% maior que o verificado em 2020, primeiro ano da pandemia causada pelo novo coronavírus, quando foram feitas 2.170 escrituras de divórcios nos Tabelionatos de Notas.

Thank you for watching

Em números absolutos, a Bahia registrou um crescimento com 343 divórcios a mais em 2021 em relação ao ano anterior (2.170).

Já no Brasil, em 2021, o aumento de divórcios chegou a um recorde histórico, contabilizando 80.573 casos desde o início da série em 2007.

Ainda na Bahia, só que no ano de 2019, foi registrado o maior aumento de registros de separações com 2.560, enquanto em 2018 foram 2.537, e em 2017 contabilizaram-se 2.160 escrituras deste tipo.

Os dados constam da Central de Serviços Eletrônicos Compartilhados (Censec), plataforma de dados administrada pelo Colégio Notarial do Brasil (CNB/CF), entidade que reúne os 8.580 Cartórios de Notas do país onde, desde 2007, é possível realizar separações, divórcios, inventários e partilhas.

Comentários