quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Estudante de Letras Vernáculas escrever poesia em homenagem às vitimas da tragédia em Mar Grande...


O laço deve ser forte

O laço Ser forte! 
Sim, ser forte. 
Hoje não foi um bom dia 
Hoje a Bahia sangra 
A Bahia chora 
Hoje nossos corações se encheram de tristezas. 
Mas é tempo de criar laços 
Sim, laços meu caro amigo, laços 
Sei que você chorou 
E eu também ! Não pude conter as lágrimas diante dessa imensa perda. 
Não! Não desfaçamos os laços, não afrouxemos os nós. Que sejamos laços antes de virarmos pó. Cade nossa união? Pergunto eu 
Cade nosso amor? 
A nossa compaixão?
 Onde esta a solidariedade? 
Vivemos na mediocridade 
 É tempo de acordar 
De agradecer 
Se arrepender 
De se doar 
É tempo de ser laço. 
De amolecer o coração 
Vamos apertar os laços
 Os laços da vidlias 
Os laços do bem 
Não só para Bahia 
Mas olhemos para o Belém. . 
É tempo de perdoar meu amigo 
É tempo de dizer o que sente 
Pois a vida. .. Ah ... Ah vida..essa é um laço curto 
Então aproveite 
Aproveite muito 
Mas muito 
O tempo que você tem 
 Porque se esse laço 
Enfraquece, desmamara
 Não será mais tempo de dizer eu te amo a ninguém. 

 - Clara Braz

Nenhum comentário:

Postar um comentário