quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Medeiros Neto: Jovem de 19 anos acusa professor da escola onde estuda de estupro

Uma jovem de 19 anos foi estuprada por um professor da escola onde estuda, no último domingo (27), em Medeiros Neto, cidade que fica no sul da Bahia. A intimação do suspeito foi expedida nesta quinta-feira (31), conforme informações do delegado Bruno Ferrari, que investiga o crime no município segundo informações do G1.

Segundo o delegado, em depoimento, a vítima contou à polícia que, quando passava em uma das ruas a cidade, foi abordada pelo suspeito que a levou a força para uma casa abandonada. A polícia trabalha com a hipótese de que o estupro tenha sido premeditado, porque a jovem relatou que havia um colchão no local onde foi abusada, informou Ferrari.

Ainda conforme o delegado, a vítima disse que o professor, que atua na Escola Estadual Deolizando Rodrigues de Souza, a assediava constantemente e que a chamou várias vezes para sair, mas que ela sempre recusou. A polícia não informou a série cursada pela jovem. Conforme familiares, ela não tem ido às aulas. Ela passou por exames de corpo de delito no DPT de Teixeira de Freitas, e os resultados devem comprovar o estupro.

O delegado informou ao G1 que o professor deve ser ouvido ainda nesta semana. Com base no depoimento dele e no laudo do exame, será avaliado o pedido de prisão preventiva do suspeito. O G1 entrou em contato com a Secretaria Estadual de Educação, que informou que vai apurar o caso e ficou de se manifestar por nota. Até a publicação desta reportagem, o G1 não havia recebido o comunicado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário