quarta-feira, 6 de junho de 2018

Veja como será a festa de São João em Santo Antônio de Jesus, Amargosa e Cruz

O mês do São João começou na última sexta-feira (1º) e muitas cidades baianas se preparam para receber um número de turistas até três vezes maior do que a quantidade de seus habitantes. Na contramão de seis municípios do estado que cancelaram a festa depois do impacto da greve dos caminhoneiros, outros cinco já contam os dias para os festejos juninos. Neles, os turistas extrapolam a quantidade da população local, e nem a redução nos investimentos está tirando o brilho do evento, como asseguram os organizadores.
Em Santo Antônio de Jesus, no recôncavo baiano, a redução nos recursos investidos será de 10%, segundo a secretária municipal da Cultura, Turismo e Juventude da cidade, Denilce Conceição Côrtes. Mesmo assim, segundo ela, “as pousadas já estão praticamente fechadas e ainda há o pessoal que aluga as casas”, o que costuma ser um bom negócio para os moradores. A cidade de 103 mil habitantes espera receber cerca de 100 mil pessoas por noite, em cinco dias de festa.

São João de Santo Antônio de Jesus
O prefeito do município de Amargosa, Júlio Pinheiro (PT), também confirmou a queda nos investimentos para o São João 2018. Só não divulgou quanto. “Houve redução de investimentos, mas de forma que não impacta na qualidade do São João e no peso das atrações. No ano passado, já fizemos uma avaliação e estabelecemos cortes nos custos”, disse ele. Pinheiro afirma que parte da estrutura e da decoração da festa na Vila Amargosa é reaproveitada de anos anteriores. A cidade fica localizada no Vale do Jiquiriçá.

São João de Amargosa
A cidade, de 38 mil habitantes e que fica no Centro-Sul da Bahia, vai contar com atrações gratuitas como Elba Ramalho, Flávio José, Henrique e Juliano, Estakazero, Daniel Vieira, Seu Maxixe e Gabriel Diniz. Vai ter ainda o tradicional Forró do Piu-Piu para pagantes. A expectativa é atrair 80 mil turistas para os festejos. Em Cruz das Almas, no Recôncavo, há risco de o evento sofrer alterações parciais ou totais, segundo informou o vice-prefeito, Max Passos, responsável pela organização da festa, também devido ao impacto financeiro causado pela greve dos caminhoneiros.

São João de Cruz das Almas
A cidade decretou estado de emergência na última segunda-feira (28) e teve de cancelar dois eventos previstos no município. “Continuamos trabalhando e terminando de montar o espaço da festa. Mas, na semana que vem, vamos avaliar medidas a serem tomadas, tendo em vista a queda de arrecadação do município, com a diminuição prevista de 30% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM)”, disse Max Passos. Apesar disso, estão confirmadas atrações como Elba Ramalho, Alceu Valença, Alcymar Monteiro e Flávio José. As informações são do Correio da Bahia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário