quarta-feira, 3 de outubro de 2018

ACM Neto diz que vai reunir o DEM depois do primeiro turno pra definir o apoio

O prefeito de Salvador e presidente nacional do DEM, ACM Neto, reafirmou, na terça-feira (2), que num eventual segundo turno nas eleições 2018 em que Geraldo Alckmin (PSDB), candidato apoiado pelo Democratas na Bahia, não apareça, irá se reunir com correligionários para definir a estratégia e a posição de apoio da sigla.

"Nós só vamos comentar qualquer situação da eleição depois que ela acontecer. Não sou do tipo que assume vitória ou derrota, é preciso esperar o domingo e respeitar a vontade soberana do eleitor. A depender do resultado, a partir da próxima semana nós vamos anunciar quais são as nossas posições", afirmou.

ACM Neto disse ainda que não existe a possibilidade de ele e o Democratas não assumirem uma posição no segundo turno, independente de quais sejam os candidatos que concorram. Na oportunidade, o prefeito de Salvador falou ainda sobre a declaração de apoio da Frente Parlamentar Agropecuária a Jair Bolsonaro (PSL) à presidência da República e o fato de uma deputada federal do DEM, Tereza Cristina, presidente da FPA, ter declarado o apoio.

"Eu não posso impedir que a bancada do agronegócio se manifeste, como não posso impedir que eventualmente nenhuma liderança do PSDB ou do DEM se manifeste, cada um é responsável por si, a deputada Tereza Cristina não fala em nome do partido e sim da bancada ruralista", pontuou.

0 comentários:

Postar um comentário