segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

10 fatos que você precisa saber sobre o Enem

-Foto: Gerd Altman - Pixabay
Foto: Gerd Altman - Pixabay

1. Quase 4 milhões de participantes

Em 2019, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) teve o maior índice de participação registrado na última década: 3.935.237 de pessoas fizeram as provas, o que representa 77,2% do total de inscritos.

2. O tema da redação foi “Democratização do acesso ao cinema no Brasil”

53 participantes tiraram nota máxima na redação (1.000 pontos) e 143.736 zeraram (provas em branco, fuga ao tema e cópia do texto motivador).

3. Eliminados do Enem

Dos 6.286 participantes eliminados do exame, 3.001 foram por emissão de som de aparelhos eletrônicos, como toques ou alarmes.

4. Economia operacional
O Ministério da Educação investiu R$ 537,6 milhões na execução do Enem 2019. Uma economia de R$ 52 milhões em comparação ao ano anterior.

5. Mais acessibilidade

Foram realizados 38.466 atendimentos especializados destinados aos candidatos com baixa visão, cegueira, visão monocular, deficiência física, deficiência auditiva, surdez, deficiência intelectual, surdocegueira, dislexia, déficit de atenção, autismo e/ou discalculia. Também foram realizados 11.654 atendimentos específicos (ex.: gestante, lactante, idoso, estudante em classe hospitalar e/ou pessoas com outras condições específicas).

6. Enem Digital 2020

Neste ano, o Governo Federal fará a aplicação digital (internet) do Enem para 100 mil participantes. Cerca de 15 capitais receberão as provas nesse formato. A aplicação será opcional, nos dias 11 e 18 de outubro. A meta do Ministério da Educação é tornar o Enem 100% digital até 2026.

7. Universidades que utilizam a nota do Enem

Um dos programas que utilizam a nota do Enem é o Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Por meio dele, instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para candidatos participantes do Exame. Os candidatos com melhor classificação são selecionados de acordo com suas notas. A Universidade de São Paulo (USP), considerada uma das 100 melhores universidades do mundo, é uma das cerca de 70 instituições de ensino superior brasileiras que oferecem vagas por meio do Enem/Sisu.

8. Duas opções de curso

O estudante interessado em ingressar no ensino superior deve escolher até duas opções de curso pelo Sisu. Ao final, o sistema seleciona os melhores qualificados em cada curso de acordo com as notas do Enem e eventuais ponderações, como pesos atribuídos às notas ou bônus.

9. Pessoas privadas de liberdade

Em dezembro de 2019, foram aplicadas as provas do Enem para pessoas privadas de liberdade e jovens sob medida socioeducativa (Enem PPL). Dos 46.238 inscritos, 33.704 participaram da prova.


10. Partiu Portugal

A Universidade de Lisboa (ULisboa) é uma das instituições de ensino superior mais prestigiadas da Europa. Também é umas das 47 instituições portuguesas que aceitam a nota do Enem como forma de ingresso. Dessas, 10 firmaram convênio em 2019. A primeira fase de candidaturas para essas instituições vai até 31 de janeiro.

 Com informações do Ministério da Educação

Nenhum comentário:

Postar um comentário