segunda-feira, 13 de abril de 2020

Após celebrar missa de Páscoa pela internet, padre em Salvador vai de casa em casa levar comunhão a fiéis

-
Foto: Reprodução/TV Bahia
Após missa do Domingo Páscoa (12) transmitida pela internet, um padre do bairro do Acupe de Brotas, em Salvador, foi de porta em porta levar a comunhão às casas dos fiéis.
Por causa do coronavírus, as missas presenciais estão suspensas na capital baiana. O padre Valter Rui, da Igreja de Nossa Senhora de Fátima, resolveu entregar a hóstia no sistema “delivery”.
O ato de comungar é importante para os católicos, já que a hóstia simboliza o corpo de Cristo. De máscara, o padre caminhou pelas ruas do bairro, comungando em casas e condomínios.
“Muita emoção. Peço que Deus nos abençoe”, disse uma fiel.
Apesar do Domingo de Páscoa não ter sido como os católicos estão acostumados, com fé e criatividade, a mensagem do padre Valter Rui chegou de porta em porta, como uma carta que anuncia dias melhores.
“É um dia de glória. Talvez seja melhor para a gente. Quando tudo voltar ao normal, nós sejamos pessoas diferentes com o próximo, com os amigos, com a família, com todos”, disse a aposentada Núbia Dantas.
A última parada do padre contou com recepção promovida pelos fiéis que foram ao playground de um dos condomínios, com direito a música . Afastados uns dos outros, e com máscaras, o grupo celebrou a Páscoa junto ao padre.
Para ele, é importante buscar alternativas para assistir os fiéis.
“Celebrar fazendo a live, pelas redes sociais, nos dá, acima de tudo, a garantia que os nossos paroquianos e o povo de Deus está sendo assistido, verdadeiramente, pela igreja”, disse o padre.
Segundo Bruno Miranda, integrante da igreja, se a missa ocorresse presencialmente, a catedral poderia comportar cerca de 200 pessoas sentadas. Com a transmissão pela internet, mais fiéis puderam acompanhar a celebração, como conta .

“Na nossa live, na transmissão do Facebook, temos 300 pessoas em média a cada transmissão”, detalhou.
Até a manhã desta segunda-feira (13), a Bahia já havia registrado mais de 670 casos confirmados de coronavírus, com 21 mortes em decorrência da doença. (G1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário