Aliado da saúde: conheça os benefícios do óleo de alecrim

 

-
                                      FOTO: ISTOCK

Já pensou em cuidar da saúde de forma prática? Extraído da própria planta, o óleo de alecrim concentra diversas propriedades da erva. Ele agrega substâncias digestivas, antissépticas e antimicrobianas que melhoram o funcionamento do intestino, possui quase todos os benefícios da planta e ainda pode ser utilizado na cozinha.

Quer conhecer mais sobre essa iguaria e aprender a fazer em casa? O portal Taeq reuniu algumas informações preciosas sobre o óleo de alecrim e também a receita de como prepará-lo. 

Benefícios

O óleo de alecrim é conhecido ser usado para tratar cabelos oleosos e acabar com a famosa caspa do couro cabeludo. Essa é uma das principais propriedades do líquido, no entanto, o óleo de alecrim caseiro – feito apenas com gordura e alguns ramos da erva – não é tão concentrado quanto o que encontramos em produtos cosméticos. Na verdade, as suas propriedades estão mais relacionadas aos benefícios medicinais do alecrim. E para conhecê-los mais, confira a lista abaixo:

1. Ação diurética e digestiva

Quando se trata de problemas digestivos, o óleo de alecrim é uma das melhores opções para renovar a flora intestinal e combater a má digestão. Ele ajuda a amenizar sintomas de diarreia, prisão de ventre, gases, dores e inchaços no estômago. Além disso, o ingrediente possui uma ação diurética no corpo, que diminui a retenção de líquidos e aumenta a produção de urina.

2. Diminui os riscos de perda de memória

Por conter diversos agentes antioxidantes em seus compostos, o óleo de alecrim apresenta efeitos positivos na nossa memória. Ele ajuda no funcionamento do sistema nervoso, é muito indicado para casos de cansaço mental, perda de memória e depressão, além de também ajudar a prevenir doenças neurodegenerativas, como o mal de Alzheimer e de Parkinson.

3. Estimula o crescimento do cabelo, hidrata a pele e combate infecções no organismo

Com apenas algumas gotas no couro cabeludo antes da lavagem dos fios, o óleo de alecrim pode ajudar a estimular o crescimento do cabelo. Basta aplicá-lo a cada 15 dias (fazendo uma massagem com as pontas dos dedos) e conferir o resultado! O ingrediente também ajuda a combater infecções – devido às suas propriedades antissépticas e antimicrobianas – e pode ser usado para hidratar a pele.

Como fazer óleo de alecrim caseiro?

Para preparar o óleo de alecrim, tudo o que você precisa são duas xícaras de uma gordura base – como azeite, óleo de coco e de amêndoas – e quatro ramos de alecrim seco. Basta colocar os ingredientes em um recipiente de vidro e armazenar em um local quente e escuro por mais ou menos duas semanas. Passado esse tempo, basta coar o óleo e colocar em um outro frasco de vidro, diluindo com um pouco de água antes de aplicar na pele.

Dica: Depois de pronto, armazene o líquido por no máximo 1 semana e use em pequenas quantidades.

Observação: Antes de aplicar em crianças, grávidas ou mulheres em período de amamentação, consulte um dermatologista ou médico especialista para garantir que não ocorra nenhum problema.

(iBahia)

Comentários